Postagens

Como pensar o seu Marketing em período de pandemia?

Imagem
Sei que é complicado falar de Marketing em meio a uma das maiores crises que já passamos na história recente da humanidade, mas tenho que ressaltar dois pontos importantes para você que está lendo esta postagem. O primeiro é que muitas pessoas estão me perguntando o que fazer em termos de Marketing, e também, a minha certeza que esta crise irá passar, e seremos os protagonistas, para as futuras gerações, como os responsáveis por superar esta difícil momento e construir uma história de perenidade, tanto social como no ambiente empresarial. Foram estes fatores que me incentivaram a escrever esta postagem, portanto, acredito que as empresas devem pensar o seu Marketing em épocas de pandemia tendo como base norteadora os seguintes preceitos: O Marketing deve ser... Marketing: talvez, em toda a história do Marketing no Brasil, nunca tivemos a oportunidade de realmente se voltar aos preceitos centrais em Marketing, ou seja, satisfazer as necessidades e desejos de seus consumidores e trabalh…

Isto é Marketing... o bom Marketing – Clássicos do Marketing: Essência de uma marca e reposicionamento

Imagem
Época de quarenta é momento de reflexão e aprendizado, portanto nada melhor que aprender um pouco de Marketing com casos de sucesso, com os clássicos do Marketing, afinal, como sempre menciono, se você deseja ser um bom profissional na área você tem que conhecer os clássicos, não tem outro forma de se destacar no mercado.
Para aqueles que já assistiram minhas aulas, ou leram os meus livros, sabem da minha predileção por esta campanha, a famosa PENSE DIFERENTE lançada pela Apple em 1997. Gosto tanto desta campanha que fiz a transcrição na integra em meu livro sobre marca, e a replico aqui:
Isto é para os loucos. Os desajustados. Os rebeldes. Os criadores de caso. As peças redondas nos buracos quadrados. Os que vêem as coisas de forma diferente. Eles não gostam de regras. E eles não têm nenhum respeito pelo status quo. Você pode citá-los, discorda-los, glorificá-los ou difamá-los. Mas a única coisa que você não pode fazer é ignorá-los. Porque eles mudam as coisas. Eles empurram a raç…

Como entregar experiência aos seus clientes?

Imagem
Para sobreviver em mercados cada vez mais competitivos, uma das alternativas mais inteligentes que eu conheço é oferecer uma experiência diferenciada para os consumidores. Bom, isso deve ser algo que você ouve todo dia, e tenha certeza, ouvirá cada vez. Isso porque esta forma de relacionamento com o mercado é um dos pilares das estratégias digitais. Mesmo com a perspectiva de crise que se apresenta no horizonte, a experiência ainda será um fator decisivo no momento de compra, mas... o que é experiência? O que é oferecer uma experiência diferenciada para os consumidores? Para responder estas questões, pense um pouco: o que você sente quando visita um dos parques da Disney? Tudo bem, você deve estar penando que este exemplo não vale, afinal, tudo mundo usa. Concordo, então vamos começar novamente. Imagine o que ocorre quando você faz um pedido de um livro pela Amazon (espero que seja o meu próximo livro que sairá ainda este ano), o processo de compra é fácil, o pagamento ocorre com“um c…

Isto é Marketing... dica de leitura

Imagem
Minha dica de leitura deste mês vai para OPORTUNIDADES DISFARÇADAS 2. Para aqueles que como eu gostam de história de empresas, e acredita que podemos aprender com as estratégias usadas por outras organizações, e por meio destes casos pensar em estratégias de Marketing, o livro é um prato cheio. Eu já havia lido o primeiro livro do autor, no qual aprendi muito com os casos apresentados, e esta continuação mantém a mesma dinâmica, excelentes casos de como as empresas podem aproveitar de várias situações de mercado para potencializar suas estratégias.
Na obra, apresenta oportunidades disfarçadas em situações como: insatisfação de clientes, erros, crises, fracassos, concorrência acirrada, ameaça ambiental, fatalidades, acaso, entre outras situações. Como podem ver, os contextos apresentados são dos mais variados, o que torna a obra muito rica em termos de aprendizado.
Com uma linguagem simples, apresenta uma centena de casos, e como algumas empresas conseguem identificar problemas de mer…

Isto é marketing... o bom Marketing da garrafa invisível da Coca-Cola

Imagem
Esta semana chamou atenção uma campanha inteligente da Coca-Cola veiculada na Europa. Sua peça em outdoors apresenta, além do icônico vermelho Coca-Cola, o logotipo da empresa, e um título com a palavra “feel it”. Mas o que chamou atenção é que sua apresentação sugere o formato da garrafa de vidro, e por isso foi assunto em várias mídias. Como dizem, uma imagem vale mais que mil palavras, não é mesmo? Bom... depende..., depende da imagem, do público e do formato. Neste caso, podemos afirmar que o sábio ditado se concretizou, e mais ainda, de invisível, como ficou conhecido esta ação, não teve nada. E, ao menos em termos de Marketing, suas estratégias estão muito, mas muito visíveis. Então vamos tentar elencar o conteúdo em termos mercadológicos desta ação:
Quebra sua marca – Martin Lindstron em seu livro Brand Sense destaca que uma marca forte é aquela que pode ser quebrada, e quando quebrada, se cada uma de suas partes ainda conseguir ser lembrada pelos clientes é sinal da força da ma…

O consumidor mais conectado... o Neuromarketing explica?

Imagem
Uma das “novidades” mais interessantes que as tecnologias nos trouxeram foram a possibilidade de se manter conectados 24 horas por dia. Os dispositivos móveis, que praticamente são uma extensão de nosso corpo, se tornaram uma parte integral de nossa vida. Tão integral que a primeira coisa que muitos costumam fazer ao se levantar é... olhar o seu celular. Não tem como fugir desta situação. Esta conectividade já faz parte de nossos comportamentos mais enraizados. Isso pode ser um problema para as empresas? Você, como gestor ou estudante de negócios, como enxerga este panorama? Naturalmente você já pensou nesta situação, afinal, está inserido neste contexto, e acredito que a sua organização está usando das mais modernas tecnologias digitais para mapear o ciclo do cliente e constatar esta minha afirmação, não é mesmo? Mas, o que será que passa dentro da cabeça do consumidor com este panorama que se apresenta? Como o nosso cérebro consumista reage? Como fugir da armadilha da conectividade?…

O bom Marketing… é preciso saber “ler” o mercado

Entender os consumidores é um dos maiores desafios para as empresas. Não apenas entender, mas pensar em estratégias de Marketing que proporcione uma adequada conversa com o seu público alvo. Em meio a quantidade de ruídos que os consumidores recebem em seu cotidiano mostrar os diferenciais de sua empresa, bem como entregar uma experiência única se torne uma questão primordial para os estrategistas em Marketing. É adequado saber ler o mercado.
Para uma adequada mensagem para falar adequadamente com os consumidores requer uma leitura pormenorizada do mercado. Por mais que os clientes estejam mais dispostos do que nunca a compartilhar seus dados, a questão principal não é apenas “ter os dados”, mas sim saber “ler” os dados de mercado melhor que os seis rivais. O mercado esta repleto de exemplos de empresas que tem dificuldade nesta leitura mercadológica, e ao contrário, também temos empresas que sabem o que é o bom Marketing. Nosso objetivo é saber aprender com estes exemplos.
Já no início…