terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Pense Diferente...Pense em Marketing!

Campanha "diferente" da Apple.

Fonte: Youtube.com

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Desmistificando o Marketing Digital – Web site inteligente


Com a fragmentação dos meios de comunicação, onde pipocam a cada dia novas formas de comunicar o seu produto e a imagem de sua organização, o cuidado em escolher o mais adequado para “convencer” os consumidores que a sua oferta é melhor do que a dos concorrentes se torna um grande desafio.
Como acompanhamos nas postagens anteriores, o nosso foco é o marketing digital, uma excelente forma de comunicar os seus diferenciais. Tentaremos elencar algumas dicas para que você consiga ter um web site inteligente e diferenciado. Portanto, chega de blá, blá, blá e vamos as dicas:
Velocidade. Tudo em nossa vida, infelizmente, é rápido. Procuramos os caminhos mais rápidos para chegar ao trabalho. Lemos um livro o mais rápido possível. Comemos tão rápido que nem sentimos direito o gosto dos alimentos. Os adolescentes querem crescer o mais rápido possível. E o seu site? Bom, no mínimo ele deve ter a capacidade de refletir o que ocorre na sociedade, então, saiba que os consumidores não aceitam mais um site lento. A velocidade de navegação, de buscar as informações a respeito de seus produtos e, principalmente, de seus diferenciais, devem ser rápidas! Se demorar um pouco, o consumidor irá procurar outra alternativa (leia-se concorrente) para buscar as informações que procura.
Reduz o ciclo de venda. Um bom site consegue diminuir os ciclos naturais de uma venda convencional. Quanto menor for o contato que o consumidor tenha com a sua organização, melhor será a transação. Ligar para confirmar os pedidos ou exigir demasiadas informações de um cliente assíduo apenas prejudicará o processo.
Acesso às informações. As informações que você coloca em seu site são ilimitadas, portanto, saiba usar adequadamente esta ferramenta. Apresente as informações á respeito de seus produtos de forma detalhada. Mostre todas as suas informações como a missão, visão, valores, sua história. Isso mesmo. Conte a sua história, os consumidores gostam de saber um pouco mais a respeito de casos de sucesso e da realização de um sonho. Quanto mais informação for apresentada, maiores são as possibilidade dos consumidores confiarem em sua organização. Saberão que não se trata de nenhum marinheiro de primeira viagem.
Use, e abuse, de ferramentas para indicar a sua empresa. Mencione com destaque os clientes atendidos, clubes de compra, programas de fidelidade, entre outras. Uma utilização bastante interessante é apresentar estudos de caso. Mostre aos seus possíveis consumidores como você resolveu o problema dos seus clientes mais antigos. Muitas vezes estes potenciais consumidores possuem problemas semelhantes e saberão a quem procurar.
Abra espaço para críticas e sugestões de seus consumidores. Responda o mais rápido possível e, nunca, nunca mesmo, se ofenda com as críticas. É melhor que os consumidores reclamem com a sua empresa do que ficar insatisfeito e reclamar com os seus conhecidos ou com outro meio de comunicação. O marketing viral (leia nas postagens anteriores) também funciona de forma negativa. Portanto, responda as críticas.
Ajude a criar comunidades em torno de seu produto ou serviço. Forneça informações a respeito de outros clientes (peça autorização antecipadamente) que já foram atendidos e deixe que se comuniquem. Auxilie o encontro e, se houver uma oportunidade, patrocine este evento. Veja como a Nike criou uma comunidade de corredores amadores com primazia. Siga este exemplo.
Nunca negligencie a segurança das informações de seu site. Os consumidores o escolhem porque, além de ter o produto que procuram, eles confiam na sua empresa. E nunca comercialize os dados de seus clientes, eles ficaram ofendidos e se sentirão traídos.
Enfim, estas são algumas dicas para ter um web site inteligente, mas, é claro que existem outras opções que poderemos conversar em outras postagens.
Bom Marketing Digital para você!!!

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Desmistificando o Marketing Digital – Erros mais Comuns


Como mencionamos em nossa postagem anterior, o comércio eletrônico, impulsionado pelo avanço da internet, proporcionou uma mudança radical no relacionamento entre empresas e consumidores.
Graças a rede, os consumidores possuem mais informações (não que estejam mais informados) em relação às ofertas do mercado e, assim, se tornaram mais exigentes do que antes da rede, comparando a sua empresa com as demais do mercado.
O problema é que esta comparação não se da apenas entre empresas do mesmo ramo (comparar o banco Itaú com o Bradesco em relação à rapidez com que pagamos nossas contas on-line), mas dos segmentos mais variados possíveis. Você já deve ter percebido aquelas pessoas que conseguiram realizar uma transação eletrônica de um modo muito simples e ágil em uma livraria e compará-lo com o de uma empresa de cosméticos que foi vagaroso e confuso, não é mesmo?
A concorrência sai do âmbito do produto, e entra para o campo do relacionamento com o cliente. Não que esta comparação não existisse anteriormente, sempre existiu, mas com a rede é muito mais intensa, e perigosa para o futuro de sua organização.
Portanto, devido a intensa difusão da rede mundial de computadores e do impacto que gera na vida dos consumidores e das organizações, vamos discorrer à respeito de alguns erros mais comuns que encontramos quando resolvemos nos relacionar com as organizações em termos virtuais.
Muitos sites corporativos não apresentam sua logomarca. Esquecem que o seu endereço eletrônico nada mais é do que uma continuação de sua empresa. Isso sem dizer que não mencionam a sua missão, visão e valores. Parece que tem medo de ser copiadas pelos seus concorrentes. Mas a postura deveria de ser o contrário. Mencione tudo, deixe que os seus concorrentes tenham receio da sua empresa, divulguem, a todo o momento, os seus grandes diferenciais.
A navegação é um exercício de paciência. Muitas vezes possuem tantos efeitos gráficos (aquelas páginas que ficam carregando por intermináveis ...horas) , que temos que fazer outras atividade paralela enquanto aguardamos.
Ou pior, existem tantas entradas e saídas que parece um labirinto virtual. Se você acessar um link errado... adeus, nunca mais encontrará o que realmente deseja.
Muitas empresas imaginam que, por se tratar de um ambiente virtual tudo o mais relacionado, também deve ser. Não informam o seu endereço físico, muito menos o seu telefone. Desta forma, impedem qualquer outro tipo de relacionamento que não seja por meio de seu site.
Possuem letras ilegíveis. Tanto devido ao seu tamanho, esquecem, como a maioria do mercado, do público da terceira idade – ou da melhor idade para ser mais politicamente correto, que estão cada vez mais usando a rede, ou pelo contraste da cor de fundo, com letras pretas em um fundo roxo. Facilite a vida das pessoas, não complique.
Isso sem contar com as mensagens de oferta que enchem a nossa caixa de e-mail. Cuidado. Peça permissão para enviar estas mensagens e, quando for solicitado para retirar o endereço da lista, obedeça! Estou com um relacionamento bastante saudável com uma grande livraria na qual, todo dia sigo as suas instruções para ser retirado de sua listas, mas, após vinte mensagens diárias e consecutivas, ainda continuo a receber as suas ofertas. Respeite a privacidade, e a paciência, de seus consumidores.
Sei que a lista de problemas encontrados é muito maior do que a mencionada, mas destaquei apenas as mais comuns. Em nossa próxima postagem falaremos do que é necessário para ter um bom relacionamento virtual com os seus consumidores.
Até lá!!!

Translate